Expectativas X Frustrações

Não poucas vezes na vida, encontramos com pessoas, as vezes nós mesmos, nos desapontamos  com atitudes de terceiros, no trabalho, na vida afetiva, no círculo de amizades, …  Depositar expectativas em relação a atitudes alheias pode ser um atalho para decepções.

No plano em que vivemos, nossa relação com o próximo ainda é muito pautada em trocas, dou algo para receber outra coisa lá na frente, isso acaba gerando uma expectativa que na maior parte das vezes não se concretiza, pois a percepção individual de cada um, é muito diferente e consequentemente nos leva a interpretações e visões de um mesmo fato por uma ótica completamente diferente.

A consequência disso pode gerar frustrações para uma das partes ou para ambas, mesmo não havendo intenção de frustrar as expectativas dos outros na grande maioria dos casos…

O fato é que quando depositamos expectativas em cima de outra pessoa, dificilmente avaliamos que a outra pessoa tem um entendimento e interpretação da vida muito diferentes do nosso, isso acaba levando cada um  a tomar decisões diferentes das que nós mesmos tomaríamos e isso costuma deixar um sentimento indesejável de decepção em nós…

Isso pode ser transportado também para o âmbito da vida. Muitas vezes esperamos da vida situações diferentes da que estamos passando, às vezes nos revoltamos com tudo que vemos ao nosso redor pois não concordamos com a forma como as coisas ocorrem. Mas nesse aspecto também ignoramos , por puro desconhecimento, que dentro do plano em que vivemos, somos muito atrasados sobre todas as leis que regem o universo, vivemos uma realidade totalmente voltada para as questões materiais que tanto absorvem nossas atenções e consequentemente nos fazem esquecer por completo de que somos parte de algo muito maior, e que não por acaso, temos sim que passar por situações tanto individuais quanto coletivas que nos desagradam e muitas vezes nos impedem de usufruir dos “prazeres materiais”que nos cercam nesse plano. ignorando o fato que se aqui estamos é porque aqui merecemos e necessitamos estar…

Estamos vivendo um momento do nosso plano, em que o desenvolvimento coletivo só se dará através da expansão do desenvolvimento individual de todos nós, o que num futuro, possibilitará melhores escolhas tanto no âmbito individual quanto coletivo. Nessa caminhada longa, a expectativa pode ser um dos muitos obstáculos que enfrentamos na caminhada rumo a evolução tão almejada e necessária. Estar atento aos próprios sentimentos e as consequências que eles trazem ao seu entorno, bem como perceber que nessa vida só podemos de fato nos responsabilizar por nossos atos e pensamentos, nos fazem subir mais um degrau dessa longa escada que temos que subir para merecermos uma vida e um plano melhor.

Chama Olímpica

By ,   No tags,   0 Comments
Chama Olímpica

Findadas as pouco mais de 2 semanas de competições olímpicas , que lições podemos tirar de um evento que reúne pessoas dos mais variados credos, culturas, pensamentos, objetivos, preferências, opiniões, e por aí vai… mas que durante esse período puderam conviver de forma harmoniosa?

A primeira impressão que fica, é em relação aos nossos objetivos pessoais. O quão importante em nossas vidas é desenvolvermos em nós mesmos uma chama que nos faça querer algo, e que esse algo desperte dentro de você uma vontade diária de se melhorar, não importa se o outro foi melhor, mas ter a sensação de que vc deu o seu melhor e atingiu tudo aquilo que poderia ter atingido dentro da sua possibilidade. Querer melhorar nos inúmeros aspectos que constituem a nossa vida cotidiana, assim como no esporte, vai nos demandar tempo, dedicação e muita atenção com tudo que fazemos e pensamos…

Outro ponto é o lado humano, poder olhar num mundo tão dividido e cheio de rótulos que tentam separar pessoas por preferências sexuais, cores, credos, etc . Poder ver pessoas convivendo com suas inúmeras diferenças sem que sejam rotuladas disso ou daquilo, e lá, como deveria ser aqui fora também, as diferenças podem por instantes ficarem insignificantes… Nossas diferenças são nossa força, o dia que fizermos delas nossas aliadas , estaremos vivendo uma vida diferente, num lugar diferente.

A solidariedade também se materializa sempre no mundo de lágrimas e sorrisos que o universo do esporte traz, todos treinam por muito tempo para num momento tão curto de tempo, dar tudo que pode, são poucos os escolhidos para a “glória”, a grande maioria não ganha medalha mas pode ter dentro de si a sensação de ser uma peça de uma engrenagem linda que para ter essa grandeza toda, precisa da presença de todos, alguns não têm esse entendimento, e nos momentos de tristeza e frustração sempre houve e haverá um abraço esperando.

O esporte nos traz lições preciosas que tem muita aplicabilidade em nossa vida cotidiana, traz lições de perseverança, humildade, confiança, responsabilidade, superação entre outras muitas das quais nesse momento, essa pequena célula em que nossa raça vive tanto precisa. Que a luz do que representou essa chama olímpica em um momento de tantas mudanças e dificuldades que vivemos, possa nos inspirar novos passos nessa jornada tão longa e necessária que é a revolução da fraternidade… O caminho pode ser longo e às vezes penoso, mas é pra lá que aponta o coração de quem ama.

 

Em paz com seu passado

By ,   No tags,   0 Comments
Em paz com seu passado

Uma das percepções mais importantes que necessitamos ter, e muitas vezes passa despercebida, é a de que o tempo não para(como dizia Cazuza). Tudo ao nosso redor, abaixo e acima de nós, está em constante movimento. Um movimento contínuo para frente que não permite voltar atrás no tempo.

Um dos grandes obstáculos comuns a muitos de nós, é o nosso passado. Difícil conhecer alguém que não gostaria de mudar uma ou em alguns casos, muitas atitudes que tivemos em nossos passados, e a forma como lidamos com isso é decisiva nos rumos que tomamos.

O tempo não nos dá a chance de voltar atrás e modificar o que foi feito, mas oferece sim a oportunidade de aprendermos  e  melhorarmos sempre, e para melhoramos, o erro tem um papel fundamental dentro do nosso processo evolutivo. Através dele temos a possibilidade de subir degraus que nos permitam novos erros e consequentemente novos aprendizados… Importante ter em mente que cada situação, é sempre uma oportunidade de crescimento, mas também esconde várias armadilhas dependendo como as enxergamos.

Estar em paz com nosso passado. Tudo que ocorreu em nossas vidas, faz parte de nossa história, é algo que ajudou a construir o que somos, mas precisamos ter consciência que esse passado seja ele bom ou mal, já está numa região de nossas vidas onde não pode mais ser modificado,  portanto viver nosso presente carregando sentimentos sejam eles de nostalgia ou de arrependimento, não nos ajudarão na construção de um caminho evolutivo satisfatório, pois a única coisa que temos de fato para viver é o nosso presente, e é através dele que poderemos construir um caminho na direção futuro melhor.

Nem sempre é fácil se libertar das amarras do passado, mas o caminho da evolução nos pede que façamos as pazes com tudo que ocorreu em nossas vidas para que possamos caminhar rumo a dias melhores sem o peso de uma culpa ou saudosismo que se transformam em sobrecarga para a caminhada que temos aqui, um caminho na grande parte do tempo, cheio de buracos, mas com muitas belezas que escapam da nossa visão limitada.

Amar ao próximo como a si mesmo

Entender toda a pluralidade do Amor é para nós um desafio que não é muito fácil, nossas limitações de conhecimento ainda não permitem que possamos ter uma ciência exata da grandeza e da importância de poder desenvolver dentro de nós esse sentimento que alguns mensageiros que por aqui passaram, tentaram nos ensinar como caminho para uma vida mais feliz e saudável.

Dentro de nossa limitada percepção, ainda somos muito muito voltados para o nosso imediatismo egocêntrico, que não nos permite enxergar de forma mais ampla, a grandeza da vida e consequentemente as oportunidades de crescimento que estão dentro de cada situação que passamos enquanto aqui estamos. Amor para nós está ligado apenas a algo ou alguém que julgamos possuir , e não por acaso chamamos de Meu!

Desenvolver a capacidade de Amar que os grandes Mestres que por aqui passaram para nos ensinar, no estágio que ainda nos encontramos,  não é fácil. Mas passa fundamentalmente pela descoberta de que antes de ter a capacidade de amar alguém ou algo, precisamos aprender a nos amar. Através do amor próprio poderemos trilhar os difíceis caminhos do autoconhecimento, do respeito por quem somos, da sabedoria de lidar com nossas limitações, e enxergando que elas podem se tornar nossas forças quando aprendemos a lidar com elas.

Essa jornada rumo a nós mesmos, é um caminho infinito que vai além dessa vida, a única forma trilhá-lo é dando um passo de cada vez, sendo hoje um pouco melhor do que vc foi ontem, e um pouco pior do que será amanhã. Respeitando e entendendo as suas capacidades, limitações e qualidades e acima de tudo estar em conexão com a sua consciência.

No momento de distúrbio que nosso planeta vem vivendo temos tido muita dificuldade para lidar com todas as adversidades que tem nos colocado à prova cotidianamente, são muitos necessitados além das nossas próprias necessidades que muitas vezes não conseguimos dar conta… Mais do que nunca, nossa vigília interna se faz necessária para nos mantermos em um estado vibratório que nos permita ter lucidez na condução de nossas vidas, e consequentemente conseguir emanar algo de positivo para o nosso redor.

Dentro de um espectro tão materialista como o que vivemos, não é fácil caminhar ma direção do Amor incondicional, mas mesmo não sendo fácil é a única direção que pode nos levar a uma vida melhor tanto do ponto de vista individual quanto do coletivo, mas para que isso possa acontecer, precisamos ir para dentro de nós, encontrar nossa luz que vem através do amor próprio e consequentemente estar apto a amar o próximo. A multiplicação desse processo pela nossa espécie, é o caminho para chegarmos a dias melhores.

Pra Onde Eu Vou

By ,   No tags,   0 Comments

Quando chegamos aqui, ainda bebês, cada um de nós vai se deparar com uma realidade de vida muito diferente, por alguma razão, viveremos em famílias, valores, condições de vida muito distintas umas das outras, as realidades podem ser tão diferentes que chegamos a  questionar o por quê de tamanhas diferenças.

Existem dentro de doutrinas, religiões e credos muitas explicações para todas essas diferenças, mas é fato que dentro de cada um de nós independente de qualquer credo ou mesmo falta dele,  vamos todos nos deparar com algo chamado Escolha. As escolhas fazem parte de nossa vida e dependendo a forma como as tratamos, elas podem nos levar para direções bem distintas…

Sorrir ou chorar? Ofender ou compreender? Ignorar ou ajudar?… as escolhas sejam grandes ou corriqueiras, afetam nosso campo de frequências , nossa saúde e vão resultar nos caminhos que trilhamos durante nossas vidas. Muitas vezes temos vivido num automatismo de vida que não permite enxergar a real  dimensão das escolhas que estamos fazendo.

Estar conectado com nossa consciência é um passo importante para que tenhamos uma maior noção dos resultados das nossas escolhas cotidianas, estar atendo que tipo de sentimentos essas escolhas nos fazem sentir, ao mesmos tempo ter atenção nas consequências externas que elas causam pode ser uma forma de perceber com clareza onde elas estão nos levando…

Vivemos um momento de nossa humanidade terrena em que a reforma íntima de cada um de nós, é a maior contribuição que podemos dar para a construção de uma era mais fraterna, a tão esperada mudança no comportamento de nossa sociedade não ocorrerá através de algum líder ou mesmo de alguma figura superior que virá nos liderar nessa mudança. Na verdade, já tivemos inúmeros exemplos de mensageiros que aqui estiveram para nos mostrar como deveríamos nos portar nesta vida transitória e vivermos de forma mais fraterna e feliz. As palavras desses mestres ecoam até hoje embora ainda não consigamos colocá-las em prática.

Os milênios passaram e nos encontramos frente a frente com um sistema de vida que oprime nossas maiores virtudes, nos joga uns contra os outros e nos adoece física e espiritualmente. Mudar algo construído durante tanto tempo, leva tempo também, um tempo maior do que nossa paciência nos permite aceitar, mas se quisermos de fato mudar a frequência desse lugar primeiramente precisaremos desenvolver a percepção de que o universo não trabalha somente para nós, e acima de tudo que nós precisamos trabalhar em sintonia com essa ainda misteriosa energia que nos ronda, mas nem sempre a percebemos…

O que de melhor podemos fazer por nós e pelo mundo nesse momento é sair do automatismo em que nos encontramos, perceber onde nossos atos, pensamentos e escolhas estão nos levando. Através da melhora da percepção individual, poderemos melhorar nossa percepção coletiva também , e melhorar a qualidade das escolhas que fazemos, pois é através delas que você determina para onde você vai.

Cada sentimento que habita dentro de nós, tem grande influência sobre a nossa frequência e consequentemente sobre nossa saúde física e mental. Perceber o que cada sentimento que bate em nossos corações e mentes, tem a nos dizer e mostrar, nunca é fácil dentro do estágio de consciência que vivemos por aqui, e  conforme o acontecimento podemos variar nossa vibração para cima ou para baixo com apenas uma notícia ou situação que vivenciamos.

Ter uma visão ampla de cada situação que vivemos nunca é fácil quando estamos tomados por sentimentos extremos, seja pela euforia ou pelo desespero, temos uma tendência de enxergar apenas um lado pequeno do que de fato está nos ocorrendo e como podemos utilizar essa situação com o propósito de um crescimento, visualizando pontos de vista que os sentimentos extremos não nos permitem enxergar.

Lidar com as situações de alegria e euforia sempre serão mais fáceis, pois elas não nos machucam, muito pelo contrário nos dão sempre uma sensação de prazer e leveza que muitas vezes podem mascarar algo que naquele momento não conseguimos enxergar mas que está ali escondidinho esperando essa “maré boa” passar para nos mostrar que ela sempre esteve de fato ali, mas que diante de uma alegria grande as pequenas coisas deixam de ficar visíveis e simplesmente são ignoradas…

Por outro lado de uma hora para outra podemos receber notícias repentinas que são capazes de acabar com quaisquer sentimentos de alegria que existem dentro de nós, sendo que algumas vezes nos derrubam ao chão sem chance alguma para qualquer reação apagando tudo de positivo que a vida vinha lhe proporcionando até então, não lhe permitindo enxergar nada além da dor…

Penso que a grande maioria de nós já passou ou vai passar por situações extremas, tanto para um lado como para o outro, o que de fato nos difere é como as encaramos, que tipo de lições aprendemos com elas e como conseguimos seguir em frente vivendo apesar de qualquer dor ou alegria que possamos estar sentindo, ter a capacidade de utilizá-las como instrumento de crescimento e desenvolvimento da nossa consciência.

Não é fácil perceber alegria na dor e nem os perigos que se escondem atrás de situações de euforia e prazer, mas o dia em que conseguirmos ter ciência das oportunidades de crescimento espiritual que estão por trás de cada situação que a vida coloca em nossa frente, estaremos vivendo em um mundo melhor que o que hoje vivemos.

A Melhor Versão

By ,   No tags,   0 Comments

Dentro de cada um de nós, existe um ser, uma peculiaridade, um sentimento, um jeito de ver as coisas, que é único, pessoal, intransferível , que faz de cada um de nós seres humanos, criaturas singulares e capazes de fazer das nossas singularidades, uma forma de contribuir com algo que outro não tem aptidão para fazer…

Em um mundo evoluído isso seria bem fácil de se colocar um prática, mas dentro do plano energético que vivemos, essa realidade ainda está distante da grande maioria de nós ainda presos a conceitos que não são nossos e tão pouco nos ajudam a encontrar e aceitar nossas virtudes pessoais que muitas vezes nos são colocadas como “defeitos”, nos levando a crer que o que há de melhor em nós tem que ser escondido e reprimido.

Apesar de todas as dificuldades que existem para encontrarmos nossa melhor versão, temos na vida em nosso plano, inúmeros exemplos de pessoas que encontraram por aqui com as suas vocações e as aceitaram fazendo disso um instrumento de desenvolvimento tanto pessoal quanto coletivo, pois sim, quando você encontra e aceita as suas virtudes , não só a sua vida pessoal será beneficiada mas também poderá beneficiar outras vidas ao seu redor.

Nos tempos em que estamos vivendo, urge a necessidade do despertar individual de cada um. O medo, a violência , a tristeza, aflição e tantos outros sentimentos comuns aqui por essas bandas são na maioria das vezes causados por estarmos muito distantes das nossas verdadeiras essências, nos levando a vibrar frequências que nos adoecem e dificultam nossas relações seja com nós mesmos ou com as pessoas a nossa volta.

No mundo que temos vivido até então, onde enxergamos nosso próximo como um concorrente, a tarefa de encontrar  o melhor que você pode ser, é bem difícil e muitas vezes até doloroso pela resistência externa que normalmente se enfrenta para quem quer “sair do padrão” e buscar um caminho “diferente”.

Uma das armadilhas que esse caminho traz é justamente sentir raiva ou tristeza quando ouvimos reprovações de terceiros em relação às nossas escolhas. Não podemos jamais esperar que outra pessoa tenha a mesma ótica que nós temos, principalmente nas questões relacionadas a nós mesmos, pois só nós temos a capacidade de ouvir e ver o que é melhor para nós mesmos quando estamos de bem conosco.

Estar de bem conosco pode não ser fácil por essas bandas, mas é a única possibilidade que temos para encontrar o caminho de nossa individualidade, que ao contrário do individualismo vigente, é o caminho que nós como indivíduos encontraremos para a construção de uma sociedade mais evoluída, onde não será tão penoso para cada um de nós encontramos a Melhor Versão que existe dentro do nosso ser.

 

No meu mundo as pessoas não tem cor…

Vivo num planeta onde as pessoas não têm cor, são todos considerados humanos e suas diferenças são essenciais para o equilíbrio e bom funcionamento do planeta. As características pessoais de cada um revelam um potencial que é considerado imprescindível para o desenvolvimento coletivo, a forma como as pessoas decidem se relacionar afetivamente é algo privado e não afeta em nada a forma como essa pessoa é vista no contexto social. O trabalho é sempre valorizado e bem remunerado não importando qual atividade seja praticada, elas trazem sempre reconhecimento e dignidade. As pessoas têm a capacidade de se relacionar com todas as formas de vida, sejam elas visíveis ou não, pois neste mundo sabemos que a conexão com a energia universal é parte cotidiana de nossas vidas e instrumento de evolução pessoal e coletiva. A espiritualidade anda de braços dados conosco sem a necessidade de nenhum tipo de paranormalidade, ela apenas é parte de nossas vidas…

Você pode estar se perguntando que mundo é esse? A resposta é simples: Esse mundo pode existir dentro de cada um de nós! Quando todos nos despirmos de preconceitos, divisões, cobiça, egoísmo , entre outros menos desejados… E podermos abrir nossas percepções para pensamentos e sentimentos mais elevados, construiremos um lugar que aos nossos olhos hoje pode parecer inimaginável, mas que é muito mais possível do que se imagina quando cada um de nós se propor a abandonar a baixa frequência que existe dentro de nossas mentes e corações e podermos elevar nossos pensamentos e sentimentos para construir uma nova era.

Cada um de nós é uma peça importante nisso e o dia que percebermos que a nossa pequena parte faz grande diferença, estaremos caminhando numa direção que hoje parece utópica e inimaginável… Mas quando se olha para a grandeza do universo e se percebe a força que move isso tudo, dá pra sentir que nada é impossível!

Rock da Transformação

By ,   No tags,   0 Comments

Às vezes a vida nos coloca diante de situações em que somos forçados a mudar nossa direção, isso nem sempre é confortável pois a nossa “zona de conforto” por pior que seja é o local que estamos acostumados a estar…

Se transformar dá muito trabalho, pode ser doloroso, mas na grande maioria das vezes que que ouvimos o que nosso coração  e tomamos uma direção para um caminho onde há desejo de seguir, seremos de alguma forma recompensados por isso, mesmo nos deparando com as muitas dificuldades que vem junto com essas escolhas.

Tudo nessa vida terrena é passageiro, aquilo que você hoje julga possuir, já foi ou será um dia de outra pessoa, a sua vida dentro desse corpo que habita também passará num momento desconhecido. Estar conectado com sigo mesmo e sempre preparado para enxergar todos os ângulos das situações que a vida coloca diante de você mesmo é certamente uma das maiores virtudes que podemos carregar conosco.

Em um ano em que todos fomos colocados diante de muitas mudanças, o que posso desejar é que tenhamos a capacidade de ouvir as entrelinhas dos recados que a vida está nos passando, e que a partir de nossas próprias dificuldades , tenhamos a capacidade de transformá-las em sabedoria para viver dias melhores!

Boas festas e que a paz, a serenidade e o amor possam triunfar dentro de cada um dos nossos corações.

 

 

Um dos maiores privilégios que tive na minha vida, foi ser criado junto do mar. E o mar, assim como todos os elementos que fazem parte da nossa vida aqui nesse plano que vivemos, é uma força muito maior que a nossa. Conviver com elementos que são muito maiores que você acaba te dando uma perspectiva de quão pequenos somos diante da grandeza e das forças que compõem o redor da nossa existência.

 


1 2 3 4 11